Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

gancho | June 18, 2019

Scroll to top

Top

No Comments

People of tango #12

People of tango #12

Lucas Fernandes (Buenos Aires)

For so long time they ask me and I’ve never knew what to answer… I decided to write a bit what is tango for me… Ahí va y sea lo que sea: Tango is the touch, the pulse, the strong rhythmic beat, is the compass vibrating in every phrase. Tango is the lick melody gives us and paralyze us on the dance floor. Is the skin on the skin the scent of the combined sweats The vibration of the souls matching on each Tango’s tanda. The sex and meditation of one. The mysterious magic ronda and mutual respect of every pair that doesn’t affect the other during its personal dance, horizontal expression of vertical bodies. Tango is the sacred explosion of bandoneons. Blood that runs from violin’s string and the humble Cello that wisely fades at the background. Tango is me and its you. Tango is both of us embraced and combined, multiplying ourselves in our bodies bathed in trance. Tango is all of us twirling counter-clockwise, making the dance floor and other milongueros fade around us. Is the floor beneath our feet and misty half-light hypnotizing us. At last, Tango is the music translated in our bodies, our clamor, our pray. Tango is my heart you beating with you heart. Tango is the touch, I reaffirm, and it is the mix of our scents sweetly launched at the poetic atmosphere of a milonga. And after the dancing ritual, Tango sleeps inside of us, a deep rest of tiredness and complaining feet, but happy. Tango is the excitement of dancing once again. This is tango…

(4/9/2016) Reflexões

Translated by Jessica Barbosa (original text below)

Há tanto tempo me perguntam e eu nunca soube responder… Resolvi escrever um pouquinho do que é o Tango para mim… Ahí va y sea lo que sea: Tango é o toque, o pulso e a batida forte do ritmo, é o compasso que vibra em cada frase. Tango é a lambida que a melodia nos dá e nos paralisa da pista. É a pele na pele e o aroma dos suores somados. O vibrar das almas casando-se em cada Tango da Tanda. O sexo e a meditação de una. A misteriosa magia da ronda e o respeito mútuo de cada pareja que não atinge a outra durante seu bailar pessoal, expressão horizontal de corpos verticais. Tango é a explosão sagrada dos bandoneons. O sangue que escorre das cordas dos violinos e o humilde Cello que sabiamente se esfumaça ao fundo. Tango sou eu e é você. Tango somos nós dois abraçados e somados multiplicando-nos em nossos corpos banhados em transe. Tango somos todos nós rodopiando em sentido anti-horário fazendo a pista e os outros milongueiros desaparecerem ao nosso redor. É o solo aos nossos pés e a meia luz enevoada que nos hipnotiza. E por fim, o Tango é a música traduzida em corpos, nosso clamor e nossa oração, Tango é meu coração que você sente batendo junto ao seu. Tango é o toque, volto a afirmar, e é a mescla rara de nossos odores docilmente lançados na atmosfera poética de uma milonga. E depois do rtirual de bailar, o Tango adormece em nós. um sono profundo de cansaço e pés reclamões, mas felizes. Tango é a ansiosa vontade de dançar novamente. Tango é assim… (4/9/2016) Reflexões

Submit a Comment

?